Latest Entries »

Era uma vez o “melhor” ser humano que existiu.

 

Ele era muito bom. Podemos dizer que ele era quase perfeito.

 

Ele conseguia fazer o que ninguém mais conseguia.

 

Ele conseguia realizar coisas inimagináveis.

 

Ele conseguia concretizar o “sonho” de nossa sociedade.

 

Ele conseguia realizar todos os sonhos de sua família.

 

Ele conseguia concretizar todos os sonhos de sua namorada (inclusive da sua sogra).

 

Ele conseguia concretizar todos seus trabalhos dentro das regras da empresa.

 

Ele conseguia atender a todas as expectativas da sociedade.

 

Até na hora do fim ele atendeu a todos os protocolos, morreu no leito de um hospital, deitado, sozinho, com frio e abandonado, mas nem por isso emitiu qualquer grito ou fez qualquer estardalhaço.

 

Afinal, ele era o melhor seguidor de regras que existia!

 

E agora que essas “regras” não existem. E agora que não existe mais o “modus operandis perfeito”.

 

E agora que não tem a quem “agradar, respeitar, obedecer”, como será sua vida?

 

Fim…

Realmente muito tempo distante daqui. Não se isso é positivo ou se ausência pode significar algo que eu realmente não queira enxergar…. Acho que já sei a resposta.

É engraçado parar pra pensar e ver que talvez todos os seus inúmeros sonhos não se realizem, de que tudo aquilo que imaginou para sua vida não seja possível de se concretizar ou que talvez sua mera incompetência seja o resultado de tudo isso.

Mais engraçado ainda é ver que talvez tudo aquilo no que você ousou acreditar não passem de fantasias ou fábulas para esta realidade na qual você está inserido.

View full article »

Eu ainda acredito nas palavras, acho que elas possuem um grande poder. Mesmo que para a maioria possam ser apenas um monte de tinta em um papel, ou agora pixels em uma tela, acho que elas ainda podem mover o mundo.

E tenho ainda mais certeza quando as palavras surgem da alma. Quando você para de pensar e deixar apenas sua alma e seu coração cantar. É de onde saem coisas maravilhosas e palavras que vão iluminar seu caminho pela eternidade, neste e nos próximos mundos.

View full article »

AS Mulheres…

Novamente estou aqui, a me indagar como começar a escrever.

Ouvindo Maya Beiser – http://www.youtube.com/watch?v=KnyNxEUqBbI

Afinal os últimos posts tem sido especiais, para algumas pessoas e o de hoje deveria ser o ápice da minha qualidade literária. Infelizmente ela não é tão boa assim, portanto, desde já peço desculpas pela insuficiência de traduzir em palavras a extensa realidade que tais pessoas proporcionam ao mundo e também pela ousadia em escrever sobre tal tema.

Existem meninas. Existem mulheres. E existem AS mulheres.

View full article »

Ao cair da noite…

Overdose hoje ^^, talvez seja efeito da bebida do guardião cego.

Normalmente não penso muito para escrever, deixo as coisas fluírem ao natural. Sei que raramente algo realmente bom se concretiza, mas vale a pena tentar não? Afinal se não fizer nada nem esses raros acontecimentos irão surgir.

Da mesma forma é na vida. Conhecemos milhares de pessoas. Inúmeros rostos. Milhões de vozes. Mas apenas algumas chegam realmente a nos cativar. Dentre essas escolhemos algumas poucas para incluir em nosso círculo de vida. E mais restrita ainda é a escolha daqueles que poderemos chamar de amigos.

View full article »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.